Vatayanasana (postura do cavalo) – Como fazer e benefícios

Yoga é uma antiga técnica de cura e preparação física, agora adotada por muitos, que conquistou o mundo por sua natureza promissora. Ioga demais é apenas um buscador de boa forma, mas a verdade real sobre os incríveis benefícios costuma estar subjacente e oculta. Antes de a ioga ser uma sensação, as academias e as pílulas dietéticas costumavam fazer suas rondas.

Vatayanasana (postura do cavalo), como fazer e benefícios

Mas agora, aqui temos uma solução suave para tratar a si mesmo sem ter que se inscrever em uma academia extenuante ou uma dieta de pílulas. O Yoga tem um enorme catálogo e dentro dele estão os vários tipos de exercícios, sendo um deles o nosso tema quente de hoje. O nome dessa postura ou postura é Vatayanasana.

Vatayanasana: Dicas para iniciantes:

Antes de começar a experimentar, aqui estão algumas dicas que você, como um iniciante, deve saber.

  1. Não tente esta postura sem supervisão. A pose requer uma flexibilidade considerável.
  2. Prepare seus quadris para máxima flexibilidade. Aqueça um pouco antes de começar. Você pode fazer as posturas de preparação como Ardha Baddha Padmottasana ou a pose de Half Bound Lotus. A flexibilidade virá com o tempo. Seja paciente e tente pouco a pouco todos os dias.
  3. As tardes são a melhor hora para começar. Seu corpo precisa de energia e flexibilidade adequadas para as rotações do quadril.
  4. Se a qualquer momento você sentir dor ou desconforto ao pinçar, pare imediatamente.

Como fazer a pose do cavalo?

Como toda ioga, essa também tem um nome em inglês, essa se chama Horse Pose ou como a chamamos Vatayanasana. Ao contrário da maioria das posturas fáceis, esta para um iniciante, entretanto, é um pouco dura. Por meio de uma torção e um alongamento intrincados, a postura final para essa postura é aproveitada. No entanto, é sempre bom saber que, com prática e dedicação adequadas, você pode dominá-lo facilmente.

Além disso, antes de começar com as orientações para executar as etapas, você pode pedir um par extra de mãos para ser útil caso precise de ajuda com a pose. Um bom suporte de parede traseira deve funcionar também. Agora que todos nós estamos na mesma página, vamos começar a provação.

  1. De pé no tapete de ioga, respire fundo.
  2. Sua coluna está alinhada com o pescoço e os membros inferiores paralelos uns aos outros. Agora comece a postura dobrando uma perna, digamos a esquerda, a partir dos joelhos e usando a palma da mão traga-a para cima, ou seja, seu pé deve estar alcançando sua virilha, onde se aninhará para o resto da postura.
  3. Neste ponto, o par extra de mãos pode lhe dar um apoio suave para as costas enquanto você aperfeiçoa ou equilibra sua postura voltando para a medula ereta, suas pernas ainda dobradas e alojadas em sua virilha.
  4. Agora, dobre a perna direita totalmente para baixo até que a coxa direita fique paralela ao chão. Neste momento, você sentiria seu joelho esquerdo tocando o solo também, tornando o equilíbrio mais fácil.
  5. Com a medula ainda esticada, agora levante os braços e entrelace-os de forma que formem a forma de uma fita retorcida. Isso significa que seus cotovelos devem terminar perto do nível do peito, seus braços continuando acima.
  6. Incline um pouco a cabeça para trás para se apoiar e trave na posição por uns bons 60 segundos. Com a prática, você pode levar isso a um bom minuto também, antes de se desvencilhar lentamente da posição de base.
  7. Em seguida, repita a pose do lado oposto também.
  8. Este é um conjunto completo. Repita a série duas vezes por dia.

Quais são os benefícios?

Então, quais são os benefícios de vatayanasana? Aqui estão seus efeitos em nosso corpo.

  1. Este é um bom exercício de fortalecimento ósseo, onde os especialistas até dizem que pequenas deformidades no quadril ou nos membros inferiores podem ser curadas com essa postura. Além das deformidades, você pode usar este exercício para fortalecer os ossos da parte inferior do corpo, tornando-os mais flexíveis.
  2. O mesmo se aplica aos músculos, os músculos ao redor do corpo que agora se emaranhariam desatando os nós de tensão que os impediriam de ter flexibilidade. É por isso que os estágios iniciais podem vir com algumas dores musculares, mas com a prática adequada, isso facilitaria.
  3. Este ioga é conhecido principalmente por sua circulação sanguínea adequada, que é feita por todo o corpo quando você opta por este ioga. As torções e os alongamentos são simplesmente um facilitador.
  4. Se você está sofrendo de artrite, esta postura ajudará a educar a rigidez e a dor associadas a ela.
  5. Provou ser útil em casos de hérnia inguinal e femoral.

Precauções e contra-indicações:

Esteja atento a eles antes de começar a levá-los a sério.

  • Certifique-se de ter um especialista para oferecer ajuda. Nunca tente fazer isso sozinho como um iniciante.
  • Caso você tenha problemas nos joelhos, fique longe do cavalo. Faça pose de ioga.
  • Prepare-se para a grande flexibilidade e prepare-se para suar.

Contra-indicações:

Lesão existente no quadril, joelho ou tornozelo é uma contra-indicação comum.

As chances de lesão geralmente estão centradas em torno do quadril, joelho e tornozelo. A perda de equilíbrio também é possível. Portanto, a forte palavra de cautela é praticar sob supervisão. Embora possa ser difícil de fazer, a ioga é altamente recompensadora para o corpo. Esta prática intermediária de ioga asana exigirá um profundo senso de concentração. Mantenha a resistência!

Fonte da imagem: Shutterstock